fbpx

A Alimentação Natural (AN) para os pets trata-se uma dieta balanceada composta por ingredientes naturais minimamente processados. Ou seja, não passam por processos industriais como acontece com as rações.
Por isso, são muitos os benefícios da alimentação natural para os pets. Ela é uma alimentação balanceada que contém os níveis de nutrientes que o animal precisa para se manter saudável. Portanto, o único tipo de processamento que sofrem esses alimentos ocorre dentro da nossa cozinha: o cozimento e o congelamento.

Alimentação Natural para pets x Alimentação Humana

Apesar de os ingredientes usados na Alimentação Natural dos cães serem apropriados para o consumo humano, é necessário nos atentar às diferenças. É normal que as pessoas ofereçam aos seus animais restos de suas refeições, pães e biscoitos, até porque, é difícil resistir àquela carinha de pidão. Mas isso pode vir a ser prejudicial à saúde deles, pois as necessidade nutricionais dos nossos bichinhos são diferentes das nossas, além de alguns ingredientes serem tóxicos para eles (como a cebola, o chocolate e até algumas frutas).
Por isso, a Alimentação Natural dos pets consiste em uma comida preparada com ingredientes apropriados para eles, sem qualquer tipo de conservantes ou corantes, de modo a formar uma dieta que seja nutritivamente balanceada.

Vantagens da Alimentação Natural

Alimentar o pet com comida de verdade e saudável é sem dúvida uma forma de amor muito grande. Afinal, os alimentos irão trazer inúmeros benefícios à saúde deles.
Os rins e sistema urinário ficam mais protegidos, já que a alimentação natural contém 7 vezes mais água do que a ração seca comercial. Sem os aditivos químicos esses órgãos também não ficam sobrecarregados.
Animais que consomem a AN sofrem menos de obesidade, um desafio que nós humanos sabemos muito bem a importância de lutar contra.

Alimentação Natural e a saúde

Existem algumas doenças e problemas de saúde que podem ser minimizados, ou até mesmo completamente resolvidos quando um pet inicia a AN. Alguns exemplos são a Diabetes, a Obesidade, Alergias de Pele e Alimentar. Sem falar de doença renal crônica, cardiopatias, pancreatite, câncer, gastrite, doenças do trato intestinal e urinário. Essas são condições que requerem cuidados extras com o cardápio, como por exemplo redução de temperos ou substituição de determinados ingredientes. Por exemplo, cães com doença renal crônica devem receber uma dieta caseira com menor teor de fósforo e proteínas.
Por isso, é preciso contar com a orientação de um veterinário especialista em nutrição, que irá formular um cardápio que atenda a essas as necessidades.
Nesses casos, a alimentação natural é vantajosa porque consegue manipular e personalizar o alimento do bichinho. Ou seja, se um gato tem problemas hepáticos ou renais, doenças concomitantes, o dono nunca vai encontrar uma ração que trate esses dois problemas.

Enfim, a alimentação é o pilar mais importante para a saúde de qualquer ser vivo. Por isso, ela deve ser mais saudável possível e atender as necessidades de cada um. Caso tenha interesse em iniciar a AN, entre em contato com a gente.

 INGREDIENTES 

Arroz parabolizado, coração bovino, lombo bovino, figado ovino, abóbora, mandioquinha, sebo bovino, óleo de peixe (ómega 3), raiz de bardana, sal, suplemento vitaminico e mineiral.

DADOS NUTRICIONAIS
Matéria Seca: Umidade 700g
Proteína Bruta: Proteina Bruna (g) 106
Extrato Etéreo: 98
Materia Fibrosa: Extrato Eléreo (g) 59

You have Successfully Subscribed!

Open chat
%d blogueiros gostam disto: